Skip to main content

Educação infantil promove Exposição do Meião de Maio com móbiles produzidos pelas crianças e suas famílias

By 8 de junho de 2022junho 20th, 2022Blog, BNCC, Criatividade, Ensino Infantil, Proposta Pedagógica

O projeto faz parte do compromisso do Sigma de construir espaços que pressupõem tempo, acolhimento e fortalecimento dos vínculos da comunidade escolar com as famílias dos estudantes  

As atuais Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação Infantil reforçam: a integração com a família necessita ser mantida e desenvolvida ao longo da permanência da criança na creche e pré-escola. Em consonância com as propostas pedagógicas de intervenções socioemocionais, o Colégio Sigma promove ações que colaboram para construção de espaços que pressupõem tempo e acolhimento e fortalecimento dos vínculos da comunidade escolar, com o intuito de tornar a família parte integrante do processo educacional. 

Um dos projetos desenvolvidos propôs aguçar nos estudantes o sentimento de valorização da família na Exposição do Meião de Maio. Com o intuito de apreciar as relações construídas, as histórias contadas e as memórias criadas no espaço familiar, a Educação Infantil convidou para elaborarem um móbile que representasse cada lar. 

“Em razão da pandemia, a presença dos familiares nas escolas tornou-se limitada e nós passamos um bom tempo sentindo falta do colorido plural que essa participação trazia para o nosso espaço. Assim, a intenção dessa atividade foi promover um momento de divertimento em família, para que nossas crianças guardem, em suas memórias afetivas, boas lembranças dessa vivência. Cada móbile representou uma família, tornando-a mais presente em nossa rotina, trazendo-a para mais perto de nós.  Para a atividade, utilizaram galhos, cabides, fotos, desenhos, retalhos e o que mais a imaginação permitiu”, explica Aline Brito, Coordenadora Educacional da Educação Infantil do Sigma. 

Aline conta que juntamente a confecção dos móbiles, os professores realizaram rodas de conversa para contação da história “Todo mundo tem Família”, das autoras Ana Claudia Ramos e Ana Raquel, livro que apresenta reflexões sobre as famílias e suas diferenças. “Durante a exposição, pudemos apreciar cada dedinho eufórico, indicando suas produções, sempre acompanhados por pulos de empolgação e disposição para mostrar sua família. Teve mamãe, papai, vovó, dinda e dindo, madrasta, padrasto, babá e até irmão de quatro patas, mas, o principal: teve muito amor. A partir da leitura da obra infantil, nós mostramos aos pequenos que  cada uma é única e importante do jeito que é. Foi incrível ver as crianças percebendo e reconhecendo os laços, entendendo que a diferença, é o que faz sua família ainda mais especial”, compartilha.