Blog

Festa Junina do Colégio Sigma celebra 40 anos da escola

O compasso do forró, as comidas típicas, as bandeirolas e as quadrilhas marcam o mês de junho. A comemoração de São João é uma grande reverência à cultura nordestina que remonta ao século XVI e faz parte do imaginário popular brasileiro. Para celebrar a data, o Colégio Sigma promoveu o seu tradicional arraial em 24 de junho, no dia do Santo padroeiro da festa, com o tema: “Quarentou e o forró já começou”. O evento ocorreu nas unidades da Asa Sul e da Asa Norte.  

Para esse ano, a Festa Junina da escola também celebrou os 40 anos de história do Sigma em um dia repleto de muita música, brincadeiras juninas, comidas gostosas e muita diversão para toda a comunidade escolar. “A festa foi linda, além de muitas gostosuras, tivemos apresentações maravilhosas, quadrilhas, música e muita alegria. O Sigma realiza um trabalho em parceria com as famílias, baseado nos alicerces que integram, estimulam a aprendizagem e desenvolvem o senso de pertencimento de nossos estudantes. Por isso, festejar os 40 anos ao lado da nossa comunidade é estreitar ainda mais esses laços, oportunizando o protagonismo e contribuindo para o desenvolvimento das potencialidades dos nossos estudantes ao máximo, que estarão preparados para conquistar seus sonhos”, comenta Liliana Antunes, coordenadora do Ensino Fundamental – Anos Finais e do Ensino Médio.

 

Boa ação

Além de São João, o mês de junho também é marcado pela baixa nas temperaturas. Por isso, dentre as barraquinhas do Arraial do Colégio Sigma, 137 integrantes do Anjos do Sigma, nosso projeto de voluntariado realizado com os alunos do Ensino Médio, arrecadaram 383 cobertores, mantas, agasalhos e outras roupas de frio para a campanha de inverno, bem como outras doações para as ações do grupo. “E tudo isso em meio a brincadeiras tradicionais  do festejo junino como correio elegante, bola na lata e pescaria”, afirma Flávio Bueno, professor de Geografia e coordenador do projeto na 912 Sul. 

“A escola é um organismo vivo que não pode se permitir ficar ausente do que acontece em nossa sociedade, em nossos arredores. Precisamos construir a ideia de que uma escola consciente forma uma nação transformadora. Cada ação do Anjos tem essa métrica”, finaliza.  

 

Pesquisar

Posts Populares

Assine nossa newsletter e receba as últimas novidades: