Skip to main content

Jovens do 6º ano dos Anos Finais e da 1ª série do Ensino Médio do Sigma apresentam desempenho superior à média geral no Sistema de Avaliação das Escolas do Grupo Salta (SAES)

Estudantes do Colégio Sigma registraram resultados positivos no Sistema de Avaliação das Escolas do Grupo Salta (SAES). As avaliações foram realizadas com alunos do 6º ano do Ensino Fundamental – Anos Finais e da 1ª série do Ensino Médio, em duas áreas de conhecimento – Linguagens e Matemática. O SAES tem como foco os conteúdos e habilidades previstas na Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e no Sistema de Avaliação das Educação Básica (Saeb).

No 6º ano, o Sigma registrou uma média de 15,4 nas três unidades (912 Sul, 910 Norte e Águas Claras). Um desempenho superior à média geral das escolas do grupo, que foi de 13,9. Já na 1ª série, os estudantes ficaram na 7ª posição do ranking, atingindo uma média de 19,6, na unidade Asa Sul. Resultado este, superior à média do segmento, que foi de 18. Os dados coletados envolveram 180 escolas pelo Brasil, com a participação de cerca de 17 mil estudantes do Grupo Salta.

Liliana Antunes, coordenadora pedagógica dos Anos Finais e Ensino Médio, aponta que a Avaliação Diagnóstica SAES é muito importante pois, analisa o desempenho dos estudantes, com o objetivo de identificar as áreas em que a escola deve atuar para melhorar ainda mais a qualidade educacional. “A avaliação nos permitiu identificar o nível de aprendizagem dos nossos estudantes, trazendo um olhar mais assertivo quanto quais são as verdadeiras dificuldades ou necessidade de cada escola, permitindo assim traçar estratégias pedagógicas mais eficientes e eficazes para a formação dos nossos estudantes”, afirma.

A avaliação não é um diagnóstico do estudante, mas sim do segmento, segundo a coordenadora. “Por isso a escolha pelo 6º ano e pela 1ª série, sendo possível entender e analisar profundamente o percurso de aprendizagem desenvolvido pelos estudantes ao longo do Ensino Fundamental dos Anos Iniciais e dos Anos Finais”, diz. Antunes também ressalta que participar de uma análise de dados, que abrange 17 mil jovens, permite um olhar amplo do trabalho desenvolvido por cada instituição pertencente ao Grupo. “Dessa forma, oportunizando que cada escola obtenha dados importantes e relevantes para nortear a construção dos planejamentos anuais e as melhorias necessárias quanto às metodologias pedagógicas utilizadas por ela”.

O SAES foi bem aceito pelos estudantes e famílias do Sigma, que já tem tradição em avaliação diagnóstica, entendendo a relevância dela para uma atuação eficaz na organização dos conteúdos e nas metodologia utilizadas no percurso de uma aprendizagem mais significativa e eficiente.