Skip to main content

SuperAção: programa promove resgate de aprendizagem perdida durante a pandemia

Colégio Sigma criou o projeto para atender alunos do Ensino Fundamental – Anos Iniciais até o Ensino Médio

Durante a pandemia de Covid-19, a educação foi um dos setores mais afetados. Da noite para o dia, estudantes e professores precisaram se adaptar a uma nova realidade: realizar e participar de aulas remotas por meio de ferramentas tecnológicas. Em 2020, as aulas começaram a ser ministradas no modo híbrido, presencial e remoto. Apesar de ser uma geração conectada e com mais familiaridade com as novas tecnologias, crianças e adolescentes, junto com as suas famílias, enfrentaram desafios no que diz respeito à aprendizagem.

Como uma forma de promover um acolhimento educacional e resgatar as possíveis defasagens na aprendizagem de seus alunos, o Colégio Sigma criou o Programa SuperAção. O projeto tem como objetivo oferecer todo apoio necessário para alcançar o desenvolvimento de habilidades e competências necessárias para a formação do aluno que, de alguma forma, não foram adquiridas durante esse período de aulas remotas e híbridas. Segundo Natália Rocha, Diretora Pedagógica do Sigma, cada segmento contará com uma proposta de intervenção específica. “Sabemos que os últimos dois anos não foram fáceis para as nossas famílias e alunos e o SuperAção é uma forma de recuperar e realizar um acompanhamento constante do progresso no desempenho escolar, com foco nas necessidades de cada um”, afirma. “O SuperAção garante para nossos alunos conforto na transição do modelo on-line – híbrido para a escola presencial, uma espécie de currículo de transição”. Ao todo, o programa conta com 11 ações que serão realizadas, principalmente, ao longo do 1º semestre de 2022. 

As primeiras ações vão identificar as lacunas no aprendizado dos estudantes. Por meio de revisões de conteúdos estruturantes; listas extras de atividades; plantões de estudos para a resolução orientada das listas de exercícios; e uma avaliação diagnóstica, a escola terá os indicativos de quais são os gaps que serão precisos uma intervenção. “O nosso plano é que nenhuma habilidade e competência essenciais fiquem defasadas”, comenta Natália. 

Com os gaps identificados, o Sigma irá oferecer ainda mais apoio para os alunos, que terão acesso a plantões de intervenção, com professores e monitores que irão acompanhar a evolução e direcionar o trabalho dos alunos; mais listas de exercícios para prática e resgate do conhecimento; acesso remoto a conteúdos e roteiros de estudo com indicações de vídeos, leituras e aulas extras sobre determinado assunto. “Além disso, a orientação pedagógica, junto com os professores e monitores, irá realizar um acompanhamento ainda mais próximo dos alunos que estiverem participando do SuperAção, para avaliar a evolução no desempenho de cada um”.  

Parceria escola-família

O contato direto com as famílias é uma ferramenta essencial para garantir o sucesso dos alunos durante o programa SuperAção. “Nós contamos com o apoio dos pais para nos passarem um feedback sobre o processo de aprendizagem dentro de casa e como está sendo esse resgate promovido pelo projeto”, afirma. “Esse espaço de escuta também será fundamental para conseguirmos direcionar os nossos atendimentos”, finaliza.