logo colégio sigma
Agende uma visita
Menu

Pensamento Computacional: o futuro na mão das crianças

O mundo está em constante transformação. Segundo estudo divulgado pela Dell Technologies, o “Projetando 2030: uma visão dividida do futuro”, que analisou o impacto das tecnologias até 2030, apontou que 85% das profissões que existirão daqui a 10 anos ainda não foram criadas. Com a chegada da Indústria 4.0 e com o grande avanço tecnológico mundial, é preciso ampliar conceitos e a forma como o homem interage com as máquinas. Pensando nisso, o Colégio Sigma oferece para os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental – Anos Iniciais, em todas as unidades, o Pensamento Computacional, a antiga Educação Tecnológica. A disciplina visa estimular as crianças a usarem a criatividade para solucionarem problemas interdisciplinares utilizando fundamentos da tecnologia digital e da computação.

Durante as aulas as crianças aprendem a trabalhar com programação, robótica, eletrônica digital, internet das coisas, inteligência artificial e práticas Maker. Em parceria com a editora Mind Makers, os alunos estão usando técnicas de gamificação para desenvolver habilidades socioemocionais e competências importantes para os profissionais do futuro.

Adriano Vieira, professor de Pensamento Computacional, conta que as aulas são sequenciais, interdisciplinares e que não há um roteiro fixo para os projetos. “A ideia é ensinar para os alunos os fundamentos e em seguida apresentar um problema onde eles devem aplicar os conhecimentos”, afirma. “Cada projeto, programação e modelo de estrutura serão diferentes. O nosso objetivo é provocar nos alunos a curiosidade e a vontade de descobrir e criar coisas novas”.

Segundo Daniel Freitas, coordenador pedagógico da Mind Makers, os recursos eletrônicos utilizados em sala de aula são disponibilizados de acordo com a faixa etária de cada turma. “Eles terão acesso a motores, placas controladoras e outros objetos. As crianças da Educação Infantil, por exemplo, terão contato com robôs projetados especialmente para eles, que permitem o aprendizado do pensamento algorítmico e de resolução de problemas”, comenta.

Para os dois profissionais é importante começar a trabalhar o pensamento computacional com as crianças desde cedo. “Existem diversas janelas de aprendizagem e as crianças, desde mais novas, conseguem compreender e dominar o conteúdo e o funcionamento das tecnologias com as quais interagem diariamente”, afirma Daniel. “Além disso, essas crianças se tornarão profissionais mais criativos e confiantes para a resolução de problemas”, comenta Adriano.

O professor também conta que a aula de Pensamento Computacional foi pensada para acontecer de forma híbrida durante o ano de 2021. “Os alunos que optam por assistir as aulas de forma remota não têm nenhuma perda pedagógica. Todo o material utilizado em sala é disponibilizado para eles de forma online”, finaliza.

Postado pornatalia

Postado em27 de abril de 2021


Palavras chave:

Blog do Sigma DF

Ver todasclique para conhecer mais
receba nossa newsletter

Assine nossa newsletter e receba as últimas novidades por e-mail

entre em contato

Entre em contato

Entre em contato que nós iremos responder assim que possível.

Copyright © | - Todos os Direitos Reservado por

Termos de Uso|Politica de Privacidade
Ligarclique para ligar